quarta-feira, 6 de julho de 2011

+1 Rede Social

O Google+ por enquanto está aberto
apenas para convidados.

O Google lançou mais uma rede social que promete competir com o Facebook. O Google+, ou Plus, por enquanto está aberto apenas para convidados e já provoca a curiosidade na rede.

O ponto forte do Plus é a privacidade, calcanhar de aquiles do Facebook. No Google+, você não adiciona amigos diretamente à sua rede. Os contatos são organizados por círculos: família, amigos, colegas de trabalho, os gente-boa, os malas ou qualquer outra categoria – ou círculo – criada por você.


Um aspecto fundamental dos círculos é que eles não são baseados na reciprocidade. No Facebook ou no Orkut – a outra rede social do Google –, você adiciona um amigo e ele o adiciona. No Google+, você adiciona uma pessoa a um círculo (ela não fica sabendo qual), e ela escolhe se quer – ou não – lhe adicionar. É como seguir alguém no Twitter. Assim, é possível ver as postagens públicas das pessoas sem fazer parte do círculo delas.

Confira pontos fortes e pontos fracos de cada rede:

Facebook
Centralidade. Reúne todas as atualizações em uma timeline. É possível criar grupos separados, cada um com feed próprio. Esses posts também aparecem na timeline principal, mas, para enviar uma mensagem para o grupo, é necessário entrar na página dele. A diferenciação de contatos não é orgânica, é construída como comunidades.

Google +
Multiplicidade. Cada grupo de amigos tem uma timeline. E o stream reúne atualizações de todos os amigos – tanto o que eles postaram como público, quanto o que foi enviado para círculos em que você está. Ao se cadastrar no Plus, ele passa a fazer parte de seu perfil Google. As fotos do Picasa são importadas com a opção de compartilhar ou não álbuns.

Orkut
Beta. Foi a plataforma de testes usada pelo Google para ver se a ideia de círculos funcionava. As múltiplas timelines e a definição de privacidade a cada recado funcionam no Orkut desde agosto de 2010. No entanto, aqui, a organização dos amigos por grupos é menos imediata do que no Plus, e as timelines são mais confusas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente, participe!